quinta-feira, 14 de abril de 2016

Nova tendência! Quando o conforto torna-se moda.



Na Primavera europeia de 2016, pôde-se ver uma nova feminilidade, aliviada, livre e forte. Mas sim, claro ... Neste universo fashion, às vezes pistas tênues podem ser como uma bomba:  Victoria Beckham vindo para saudar a plateia em final de desfile, em fevereiro desse ano, trajando calça, malha oversized e tênis, por exemplo, diferente de como nós a vimos tantas vezes. Victoria, que há cinco anos atrás, foi proibida pelo médico de usar saltos altos, decidiu nessa temporada deixar de lado seus stilettos, uma de suas marcas registradas, e subistituí-los por flats e tênis. Sinal de que vem mesmo mudança por aí.

Victoria Beckham (Foto: Getty Images)
Victoria Beckham (Foto: Getty Images)

Que o estilo urbano já existe, todo mundo sabe, mas um novo termo vindo das ruas da Europa vem chamando a atenção para uma nova tendência: "Une mode pour une femme piétonne", que significa uma moda para as pedestres. 



Em tempo de moda sem gênero, as estruturas das peças ganham novas formas, com modelagens extragrandes nas mangas e comprimentos, calças mais largas tanto nas pernas quanto nos quadris, como vimos a volta das semi bags, com bolsos enormes para maior praticidade. Nesse meio os acessórios também vem mais despojados, como as bolsas saco, as mochilas e as atemporais bolsa carteiro, usadas atravessada no peito. O mesmo conforto vem para os pés...Nada de saltos! A vez é dos calçados rasteiros e as variações vão dos chinelos aos tênis...muitos sneakers e mules!
Mesmo com toda essa androgenia, a mulher não vai perder sua feminilidade, apostando em decotes, pernas de fora e acessórios extragrandes para dar um up no visual básico.        

Foto divulgação: Le Figaro - Berta Santos