domingo, 29 de maio de 2016

Desfile Louis Vuitton Cruise 2017 - no MAC - Niterói


 A exuberância tropical e tecnologia formaram uma união perfeita, escolhida pelo diretor artístico Nicolas Ghesquière, que apresentou nesse sábado a espetacular coleção Cruise Louis Vuitton 2017, no MAC (Museu de Arte Contemporânea) em Niterói - Rio de Janeiro. 

Que felicidade foi poder ver um desfile internacional acontecer bem aqui, na minha cidade NITERÓI! 
A estrutura do Mac é realmente deslumbrante, em forma de disco voador reflete no meio da Baía de Guanabara, com uma rampa imponente, vermelha, fez o museu parecer um cenário próprio para uma passarela da moda - inclusive, surgiu comentários que esse era um desejo que o arquiteto Oscar Niemeyer já havia expressado a Michael Burke, CEO da marca francesa.





Estava programado para começar às 16:30h, porém, por volta das 16:30h já tinha acabado o desfile para melhor aproveitamento da luz de fim de tarde no Rio.
Foi em novembro que Nicolas Ghesquière decidiu desfilar aqui no MAC. Esta nova coleção é no entanto a primeira a absorver formas da cultura local. Muitos looks eram futuristas, com inspiração nas curvas de Niemeyer. 
"Lá, no Rio, uma explosão de natureza e arquitetura, e com uma mistura de elementos faz com que esta cidade única. Eu queria que meu trabalho exalasse esse mesmo ar exótico ", diz o designer. 
Uma série de cinco vestidos com cores vibrantes numa cara de arte de rua, onipresente no Rio abrem o show. Parkas e casacos sem mangas em nylon equipados com vários bolsos, ainda evocam as linhas e formas abstratas da arquitetura. Eles também se referem ao mundo único de Helio Oiticica, artistas neo-concretos que criaram roupas leves montagem de tenda de lona ou de pára-quedas. Nicolas Ghesquière também jogou com uma cópia floral de Aldemir Martins, manchado em uma retrospectiva de artistas brasileiros da década de 1960, organizado pela empresa francesa Rhodia para promover fibras sintéticas.

"O que é mais interessante na moda hoje em dia é como o luxo e sofisticação se misturam com temas esportivos. Isto é o que define o nosso tempo, na minha opinião ", argumentou o diretor artístico, onze semanas antes da abertura dos Jogos Olímpicos Rio. 
















































































































































































A grife de luxo deu uma "contribuição" financeira, o que ajudou a acelerar as reformas do museu. Nenhum valor foi divulgado, mas de acordo com a imprensa do Rio, as autoridades da cidade têm estimado um orçamento de 1,5 milhões de reais, ou 375.000 euros.




Louis Vuitton convidou inúmeros jornalistas brasileiros e muitos VIPs de todo o mundo para o evento. Aficionados pela marca, que gastam até € 1,5 milhões por ano. Também puderam assistir de perto esse glamour, grandes nomes internacionais como Alicia Vikander (rosto da marca), Catherine Deneuve, Jaden Smith e celebridades nacionais como Cléo Pires, Sabrina Sato, Sophie Charlotte, Daniel Oliveira, Hugo Gloss...
Num país abalado por escândalos políticos, onde protestos diários ocorrem em Copacabana, alternadamente a favor e contra Dilma Rousseff. "Eu não acho que os clientes, que nos seguiram viria ao Rio por conta própria, mas, como convidados, eles terão o prazer de viajar com a gente para descobrir Niterói e criação de Oscar Niemeyer ", diz o CEO da marca, Michael Burke, citando também a cidade portuária industrial localizada na cidade do Rio, no outro lado da Baía de Guanabara.

Foto divulgação Madame Le Figaro