terça-feira, 8 de março de 2016

Modelos veteranas tomam as passarelas da Paris Fashion Week



Da ascenção das modelos dominicanas à grande quantidade de modelos de diferentes etnias, as passarelas estão ficando mais diversificadas, ainda que com algumas surpreendentes exceções, como as da Balenciaga e Vetements. No quesito idade, Paris, como sempre, está indo além das expectativas, apresentando modelos veteranas ou com mais de 40 anos em diferentes shows.
Ícone da moda nos anos 1970, a americana Pat Cleveland, 65, causou frisson ao desfilar para a H&M Studio. Envolvida por um casaco caramelo e um lenço na cabeça, Pat trouxe seu icônico estilo teatral para a apresentação, fazendo com que fashionistas e todos os convidados levantassem seus smartphones e tentassem capturar ao menos um segundo daquele momento mágico.
Pat Cleveland para H&M Studio
PAT CLEVELAND PARA H&M STUDIO ©REPRODUÇÃO
A marca Undercover apresentou em seu desfile de Inverno 2016/17 cinco modelos veteranas de sucesso em diferentes épocas desde os anos 1960 aos 1990. Christina Kruse e Hannelore Knuts foram destaques do show. Para Jun Takahashi, japonês designer da marca, são essas “mulheres reais” as verdadeiras consumidoras da marca.
A superfotógrafa Ellen von Unwerth, 62, voltou às suas origens e reviveu seus momentos como modelo na passarela de Manish Arora. “Sou amiga pessoal do Manish e absolutamente amo suas criações. Quando ele me convidou para desfilar em seu show fiquei muito honrada e disse sim imediatamente”, contou Ellen.
ellen-von-unwerth-manish-arora
ELLEN VON UNWERTH PARA MANISH ARORA ©AGÊNCIA FOTOSITE
“Estava muito nervosa no início, mas no momento em que pisei na passarela e vi muitos amigos e tantos rostos conhecidos fiquei mais calma. Todos começaram a sorrir e então comecei a curtir o momento andando pelas diferentes salas da locação incrível”, revela a fotógrafa. Também apareceram no desfile Hannelore Knuts, Sophie Calle e Chantal Thomass, nomes que movimentaram a moda há décadas atrás.

FFW - Higor Bastos